quinta-feira, 28 de março de 2013

Zara lookbook de Abril

As cores e roupas de Primavera já estão em todas as lojas, só falta o tempo acompanhar, ok, sr. São Pedro?? :) Até isso acontecer só nos resta sonhar com estas imagens do novo lookbook da Zara. Os brancos, tons pastel, flores, padrões orientais, riscas, fatos poderosos e tecidos fluídos levam-me às nuvens. E vocês, gostam?








































quarta-feira, 27 de março de 2013

Como as nossas Crenças nos Limitam e Impedem de Mudar e Alcançar Objetivos


Qual o maior impedimento que existe a quem quer fazer alguma mudança ou atingir um objetivo? O que é que te impede a ti, que estás insatisfeita com o teu atual trabalho, de sair e fazer aquilo de que realmente gostas? O que te trava de emagrecer aqueles quilos que já estão a mais há muito tempo? O que te está a impedir de encontrar alguém com quem possas ter uma relação feliz? Provavelmente estás a pensar que não consegues ter o dinheiro necessário para investir num negócio próprio, ou que não tens a autodisciplina fundamental para seguir uma dieta ou que nunca irás encontrar um homem de jeito e que as relações falhadas são só o que te está destinado. Pois...sabes uma coisa? Estas razões não são impedimentos reais a que possas mudar de vida ou atingir as tuas metas. O que na grande maioria das vezes impede e trava as pessoas de seguirem os sonhos e fazerem alguma coisa por isso são elas mesmas e as respectivas mentes que apesar de muito úteis gostam de atrapalhar, às vezes.




O que são Crenças?

Razões e justificações como estas atrás que dizemos a nós mesmos são o que se chama de Crenças. São pensamentos habituais que julgamos como verdades absolutas e que geralmente nem sequer pomos em causa. São ideias pré-concebidas que vamos adquirindo ao longo da vida, fruto da educação, de aculturação, socialização e experiências únicas que temos tendência para generalizar. Muito provavelmente temos crenças que são reprodução das coisas que ouvíamos os nossos pais dizer. Coisas como "Há que trabalhar no duro para ter muito dinheiro" ou "A vida não é fácil, tem que se sofrer para ter uma boa vida" entre muitas outras grandes verdades que fomos ouvindo sem questionar. E é com base nestas "verdades" que pautamos a nossa vida, muitas vezes contrariando aquilo que realmente desejaríamos para nós, mas nem nos apercebemos porque naturalmente não nos questionamos sobre os nossos dados adquiridos.

As crenças são pressuposições, estimativas da realidade e não a realidade. Apesar de as considerarmos factos elas não são factos. São aquilo que forma os nossos modelos mentais. Temos crenças para tudo: sobre nós, sobre aquilo de que somos capazes, sobre os outros, sobre os nossos relacionamentos, sobre o nosso trabalho, sobre o que é possível, etc. Consideramo-las leis imutáveis e a verdade é que não são leis nem regras e muito menos imutáveis. É possível identificar e ressignificar as nossas crenças de modo a torná-las em afirmações mais próximas da realidade e que não nos limitem, por isso, convém que sejam positivas e motivadoras. As crenças positivas dão-nos possibilidades e todo um novo mundo para explorar.


Crenças Limitadoras

Apesar de termos a nossa mente povoada de crenças positivas e motivadoras que nos dão confiança em muito aspectos da nossa vida, também temos as crenças opostas, negativas e limitadoras da nossa acção pois privam-nos de confiança e excluem-nos hipóteses. Por exemplo, se acreditas que não és uma pessoas muito sociável, é possível que ajas no sentido de comprovar essa tua crença. Provavelmente evitas sair muito de casa e estar rodeada de pessoas. Se também acreditas que és preguiçosa e pouco disciplinada vais reparar em todos os momentos de ócio a que cedes e em todas as tarefas que era suposto fazeres hoje e ainda nem sequer começaste. Isso só comprova a tua tese não é? Mas ninguém é pouco disciplinado em tudo e por isso não tomaste nota dos outros momentos todos em que te dedicaste e superaste a preguiça. Acho que já percebeste a ideia.

Segue agora uma lista de crenças limitadoras comuns relativamente a mudar de vida, dar o salto para uma carreira ou actividade mais compensadora, a título de exemplo. Provavelmente identificas-te com muitas delas:

- O Trabalho não deve ser agradável, por isso é que se chama Trabalho.
- Tenho que trabalhar muitas horas extra no início da Carreira para poder ser alguém no futuro.
- Abrir um negócio próprio dá muito trabalho e muitas chatices.
- Trabalhar por conta própria não é seguro.
- Se abandonar a minha carreira actual para fazer o que gosto, depois se quiser voltar, já não é possível.
- Sou muito velho para mudar de vida.
- Sou muito velho para arranjar outro emprego, ninguém me irá contratar. 
- Sou muito novo para fazer o que quero.
- Não tenho experiência suficiente para abrir um negócio próprio.
- Preciso de trabalhar muitos anos na minha área para poder abrir o meu negócio. 
- Ter muitas experiências no currículo prejudica-me na procura de trabalho.
- Não é possível ganhar dinheiro a fazer o que gosto.
- Ninguém vai comprar o meu produto.
- Ninguém vai requisitar os meus serviços.
- Não é possível iniciar um negócio sem dinheiro.
- Não sou capaz de ter o meu negócio.
- Não sou criativo, não tenho ideia nenhuma para um negócio.
- Não tenho jeito para nada.
- Tenho que me aguentar neste trabalho porque preciso do dinheiro.
- Há muita gente infeliz no trabalho, não sou o único.

E haveria muitas mais! Revês-te em alguma destas crenças? Em várias? E deves ter acenado afirmativamente ao ler muitas destas frases em sinal de concordância porque te esqueceste de que as crenças não são factos e são apenas pressuposições da realidade. É possível que assim seja mas também é muito possível que não seja nada disso. 

Por exemplo, relativamente à crença "Trabalhar por conta própria não é seguro". Não é seguro comparativamente com o quê? O que significa segurança para ti? Possivelmente é diferente do que significa para mim. E "Não tenho experiência suficiente para abrir um negócio próprio". Quanto é a experiência suficiente? Quantos exemplos tu conheces de jovens muito jovens que iniciaram o seu negócio e tiveram sucesso? É só olhar para a história de Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook. E poderíamos aqui rebater cada uma das anteriores crenças. A isto chama-se Ressignificar. E é algo que se pode aplicar a qualquer outra crença que tenhamos sobre nós mesmas, o nosso valor, as relações, etc.




Ressignificação de Crenças 

Nós atribuímos um sentido a tudo o que vemos, ouvimos e sentimos. E cada pessoa perante a mesma situação atribui um sentido diferente, certo? Isto porque a informação não existe por si mesma, ela tem que ser entendida mediante um contexto. A experiência não tem significado, ela apenas é.  Damos-lhe um significado de acordo com as nossas crenças, valores, preocupações, o que gostamos e o que não gostamos. Toda a experiência precisa, então, de um contexto para ter significado. E é de acordo com esse contexto que cada um aplica uma moldura e lhe dá um sentido. Quando contamos um episódio que nos aconteceu nós colocamos a nossa moldura e é assim que o apresentamos e é assim que queremos que o outro perceba a nossa história. E fazemos isto todos os dias com os outros. Condicionamos a mente do nosso interlocutor com as nossas molduras e estruturas. 

Isto significa que se mudarmos a moldura - a forma como interpretamos dado acontecimento - mudamos a experiência.




A ressignificação usa a linguagem para mudar a maneira como uma pessoa percebe um acontecimento. Ela muda o contexto e, assim, muda o significado. Quando o significado muda, as respostas e comportamentos da pessoa também vão mudar. Quando ressignificamos enfatizamos um significado à custa de outro. A ressignificação permite ver as palavras de forma diferente e isso muda o significado. 


Identifica uma Crença e Ressignifica!

A perspectiva por que vês o mundo pode estar a limitar-te sem te aperceberes. O primeiro passo é identificares as tuas crenças. Não é fácil, são verdades absolutas para nós. Mas experimenta ficar atento a pensamentos em que uses imperativos: "Tenho...", "Devo...", e a frases absolutistas como "Não é possível...", "Toda a gente...". Normalmente por detrás destes exemplos escondem-se sempre crenças. 

Assim que detetares uma crença pergunta-te o que ganhas com ela. Aí encontras os teus valores. Depois pensa no que gostarias de acreditar que não te limitasse e respeitasse à mesma os teus valores.

Um exemplo: "Ter muitas experiências no currículo prejudica-me na procura de trabalho." O que é que alguém ganha em pensar assim? Pode ser uma forma de protecção quanto a uma possível rejeição. Uma justificação para nem sequer tentar e assim não ter hipótese de falhar. A ressignificação poderia ser: "Ter muitas experiências no meu currículo dá-me um perfil multifacetado de alguém que é capaz de se adaptar a vários meios e que procura sempre novas experiências mais enriquecedoras, revelando curiosidade e proactividade essenciais a qualquer emprego." Esta nova crença é positiva e confere motivação para abordar com confiança um novo possível empregador em vez de limitar a abordagem numa entrevista ou mesmo no acto de candidatura.



E tu, quais são as tuas crenças? Quais são os teus medos? Está atento às tuas crenças limitadoras e ressignifica-as. Lembra-te de que a realidade é aquilo em que acreditas. ;)


terça-feira, 26 de março de 2013

GIVEAWAY LOOK A DAY | VIP Cards Expocosmética

Ora novo passatempo aqui no estaminé! E este é ótimo para as meninas do Norte ou para quem lhe apeteça uma viagenzinha ao Porto. 

Fui convidada para ir visitar a Expocosmética, o Salão International de Cosmética, Estética e Cabelo que vai acontecer na Exponor nos próximos dias 6 e 7 de Abril, e, por isso, tenho estes miminhos para vocês - 3 entradas VIP a sorteio! :) Para que também possam visitar a Feira e aproveitar para comprar as melhores marcas a preços convidativos. 




Para participarem, já sabem o procedimento. Só têm que :

- Partilharem o passatempo no vosso blog, página de facebook ou conta de twitter;
- Preencherem o formulário aqui em baixo!




Podem participar até dia 31 de Março e as 3 vencedoras serão escolhidas aleatoriamente através do random.org e anunciadas, aqui no blog, no dia 1 de Abril! Os convites serão enviados nesse mesmo dia para que os possam receber a tempo, por isso, agradeço que tenham em atenção em preencher a morada corretamente! Obrigada!

 Boa sorte a todas! :) 



FACEBOOK | TWITTER | TUMBLR | PINTEREST | INSTAGRAM | FEED | BLOGLOVIN


segunda-feira, 25 de março de 2013

5 razões para se apostar numa boa lingerie


Já por aqui se falou muito da importância da roupa certa - de se adequar o tipo de peças ao formato do nosso corpo, de se usar o tamanho adequado (nem muito grande nem muito pequeno) e utilizar os nossos pontos fortes a nosso favor ao mesmo tempo que camuflamos os pontos menos fortes. Assim, conseguimos obter uma silhueta mais estilizada, parecer mais magras, altas e, no fundo, mais favorecidas e confiantes.

Mas para que a roupa certa faça o seu trabalho é também muito importante a base, ou seja, a lingerie. Se esta não for a mais adequada, nem a roupa mais adequada faz milagres. Saibam, então, as 5 razões por que é fundamental apostar numa boa lingerie:


  • O peito fica no lugar onde deve, cá em cima. Quem tem um peito muito grande, por exemplo, tem tendência para o ter mais descaído e se não tiver o suporte correto que o coloque no sítio adequado, os tops e vestidos não irão assentar convenientemente. Minimiza, assim, a tendência de as camisas abrirem na zona do peito e o tecido das blusas e vestidos vai assentar na perfeição;

  • Permite estreitar a cintura e ter a aparência de um ventre mais liso. Para mulheres com um peito e abdómen maiores, se o soutien não for o adequado, toda a zona do tronco não vai ter muita definição. Com o soutien certo, o peito sobe e a zona mais estreita do corpo, a cintura, fica mais marcada e a zona da barriga mais lisa.

  • Alisa a zona lateral do tronco e costas. O soutien errado marca a pele e podem nascer as chamadas 'borregas', aquelas pregas de pele que saem de fora e que acabam por ficam inestéticas a notar-se nos tops, o que faz com a roupa não assente tão bem. O soutien adequado contém tudo na perfeição sem pregas!

  • Evita marcas visíveis nas calças ou vestidos e saias mais justas. A lingerie deve usar-se no tamanho certo e, de preferência, sem costuras visíveis ou que marquem criando curvas adicionais não favorecedoras.

  • A boa e correta lingerie torna-nos mais magras e com a silhueta mais definida e estilizada, no geral. A cueca e soutien mais adequados adaptam-se e acompanham o nosso corpo, usando as nossas formas e curvas a nossos favor, ao invés de nos criar formas extra que não nos favorecem e prejudicam a forma como a roupa assenta.



Convencidas? Então tratem de trocar os vossos velhos e inadequados soutiens que não fazem bem nenhum pela vossa imagem nem pela vossa confiança!


Para o fazerem, o que recomendo sempre às minhas clientes é uma visita à Dama de Copas. Já conhecem? Para além de uma loja de venda de lingerie com uma oferta de tamanhos e copas mais extensa que a maioria das marcas, têm também consultoras especializadas no assunto. 

Lá podem fazer, gratuitamente, uma consulta de Bra Fitting para descobrirem o vosso tamanho de soutien adequado. Aí, na consulta de fitting avaliam o vosso soutien actual, verificando elementos como a posição do soutien no tronco, a tensão que exerce, a localização dos aros, o nível de ajuste das alças, etc.

A partir da avaliação do soutien actual é realizada uma 1ª prova para verificar a questão do tamanho. Numa fase mais avançada, serão apresentados vários estilos de soutiens adequados a diferentes tipos de roupa: subida, decotada, sem alças, transparente, justa e desportiva. Com estilos diferentes poderão criar o vosso “armário de soutiens”, tendo um modelo adequado a cada situação. Para além disso podem conjugar os vossos soutiens com os vários modelos de cueca disponíveis, ou optar por peças de lingerie modeladora, muito útil para usar com peças de roupa mais justas. ;)

Basta marcarem a vossa consulta de Bra Fitting ou aparecerem na loja. Em Lisboa fica na rua de Santa Justa, nº87 e no Porto na rua Sá da Bandeira, nº373. Saibam mais aqui: damadecopas.pt e aproveitem para ver em seguida imagens da nova coleção de Primavera Dama de Copas. Adoro as cores e os padrões de flores! :)







quinta-feira, 21 de março de 2013

Segunda edição dos workshops Style Yourself low cost: Abril e Maio

A primeira série dos workshops Style Yourself ainda está a decorrer mas já aqui vem a segunda fornada, porque está a correr tão bem e para que quem não pôde desta vez consiga participar! E desta vez em horário pós-laboral, durante a semana



O que é?

O workshop de imagem e estilo pessoal STYLE YOURSELF low cost desenvolvido pela LOOK A DAY é uma formação com um total de 24 horas que pretende ser extensiva e funcionar, assim, como um verdadeiro curso de auto-consultoria de imagem, cheio de dicas low cost. É uma forma de disponibilizar, para grupos, uma espécie do mesmo serviço de consultoria de imagem total, o TOTAL NEW LOOK, que trabalhamos individualmente e de forma personalizada com as clientes, a metade do preço. Com o benefício de aprenderem de forma mais aprofundada os conceitos de imagem e de como os aplicar a vocês mesmas num ambiente de troca de experiências, de dúvidas e de aprendizagem partilhada. 

Com funciona?

O workshop compõem-se de 8 pequenos workshops semanais de conteúdos específicos, em sala, numa formação ativa, cheia de exercícios práticos. Os 8 pequenos workshops juntos constituem todos os passos essenciais para se conhecerem melhor e construírem o vosso próprio estilo pessoal. Mas são flexíveis e exclusivos, pelo que também podem ser frequentados de forma independente - basta escolherem qual ou quais colmatam as vossas necessidades. Durante os diferentes encontros, irão percorrer um caminho de auto-conhecimento e delineando o vosso próprio stylebook e plano de ação a aplicarem no dia-a-dia. 

O que irão ganhar no final do STYLE YOURSELF low cost

Maior auto-conhecimento, definição dos próprios objetivos, conhecimento do tipo de corpo, de como o vestir e de como aplicar isso tendo em conta o vosso estilo de vida e gostos. Vão passar a saber fazer melhores escolhas, levar menos tempo a decidir o que vestir, obter um guarda-roupa mais coerente, saber coordenar mais facilmente o que têm, fazer compras mais úteis e que respeitem o vosso orçamento, estilo único e autêntico. Acima de tudo, vão ganhar mais auto-confiança e auto-estima - uma postura mais positiva e feliz perante a vossa imagem e a vida, no geral. Mas isto não é o fim, é antes o início de um processo para toda a vida - a construção de um estilo pessoal que vos identifique e vos dê confiança em todas as situações.


Preço: €150

Local: My Cowork Space, Rua Cidade de Bolama Nº 38J 1ºD – Olivais, 1800-079 Lisboa (estação de metro dos Olivais muito perto).


O workshop STYLE YOURSELF é composto pelo conjunto dos seguintes 8 pequenos workshops que também podem ser frequentados de forma independente - escolham aquele/s que mais vos interessam:



1. Auto-estima, auto-conhecimento e estilo

Neste workshop vai, fundamentalmente, pensar sobre si, avaliar o estado atual da sua vida, definir objetivos e valores e aprender a gostar mais de si exatamente como é. Saber quem é e quem quer ser é a base de uma maior auto-confiança e bem-estar emocional e também a tela perfeita para construir um estilo à medida da sua identidade.

Preço | €25
Data/Horário | 10 de Abril de 2013/19h00-22h00
                       




2. História da Moda e componentes da Imagem

Para definir o estilo pessoal é fundamental perceber um pouco de Moda. Embora a consultoria de imagem seja mais sobre pessoas que sobre moda, conhecer a evolução do vestuário, os nomes das peças e as razões sociológicas e criativas do surgimento de dada silhueta, estilo ou elemento é essencial para saber vestir com propósito e mais confiança.

Preço | €25
Data/Horário | 17 de Abril de 2013/19h00-22h00
                       




3. Silhuetas – como identificar e vestir o nosso tipo de corpo

A base da consultoria de imagem é saber vestir cada tipo de corpo de forma equilibrada para construir uma silhueta feminina e favorecedora. Neste workshop irão identificar o vosso biótipo e conhecer quais as peças que mais favorecem a vossa silhueta com todas as suas especificidades.

Preço | €25
Data/Horário | 24 de Abril de 2013/19h00-22h00
                       




4. Estilos e identificação de estilo pessoal

Existe a ideia de que temos que encontrar O nosso estilo pessoal e de que temos que nos inserir nalguma categoria pré-definida. Neste workshop vai aprender quais são os estilos gerais e suas características e construir, a partir daí, em forma de exercício prático, o seu estilo pessoal que passa, sem problemas, pela mistura de várias influências.

Preço | €25
Data/Horário | 02 de Maio de 2013/19h00-22h00
                       



5. Estudo das Cores e coordenação cromática atual

As cores relacionam-se, fisicamente, com os nossos tons e afectam o nosso humor ao mesmo tempo que comunicam mensagens poderosas. Neste workshop vão aprender qual a vossa paleta ideal de coloração e as regras de coordenação de cores para favorecer a silhueta e obter um look moderno e atual.

Preço | €25
Data/Horário | 08 de Maio de 2013/19h00-22h00
                       




6. Tendências na vida real

O estilo pessoal único não passa pela adopção de todas as tendências da estação em modo árvore de natal. Um estilo com personalidade passa antes por saber o que nos fica bem, inclusive que tendências escolher e como as incorporar no nosso estilo. Neste workshop vão aprender as melhores formas de usar as mais fortes tendências de Primavera/Verão 2013.

Preço | €25
Data/Horário | 15 de Maio de 2013/19h00-22h00
                       



7. Construção e gestão de um guarda-roupa prático e low cost

Um closet gigantesco como o de Carrie Bradshaw (Sexo e a Cidade) é o sonho de qualquer mulher, mas não é necessário ter muita roupa para nos vestirmos bem e ter estilo. Saber comprar de forma mais eficaz e ter um armário arrumado, prático e com o essencial é o que vão aprender. Inclui 'visita de estudo' a loja de roupa! ;)

Preço | €25
Data/Horário | 22 de Maio de 2013/19h00-22h00
                       




8. Beleza: Cabelo e Maquilhagem

O look perfeito, a roupa certa e a conjugação ideal constituem o estilo que queremos e que nos dá confiança. Mas a imagem é um todo, por isso, neste workshop de Beleza vão reconhecer o vosso formato de rosto, saber qual o melhor corte de cabelo e aprender a tratar da vossa pele e a fazer uma auto-maquilhagem perfeita, para uma imagem ideal.

Preço | €25
Data/Horário | 29 de Maio de 2013/19h00-22h00
                      




Garante já o teu lugar no Workshop Style Yourself low cost, no todo, ou em um ou mais dos pequenos 8 workshops temáticos. Para reservar lugar basta enviar email para mail@look-a-day.comConto contigo! ;)

quarta-feira, 20 de março de 2013

H&M Conscious Collection Primavera 2013

A nova H&M Conscious Collectioniniciativa da marca para fomentar o uso do algodão orgânico e de outros materiais mais sustentáveis, já está nas lojas. E tudo em acessível, como se quer. Há tops desde 9,95€, blusas desde 14,95€ e vestidos desde 19,95€. Tudo giro, barato e sustentável, em padrões naturais com paisagens da natureza em padrões, a usar em look total ou como apontamento. É uma forte tendência deste verão e os padrões e as cores são vivas e alegres, como podem ver em baixo na campanha da coleção com a gira da Vanessa Paradis.









E já conhecem também a iniciativa de recolha de roupa da H&M? Está em vigor desde o dia 28 de Fevereiro em algumas lojas (H&M Rua Augusta, H&M Colombo, H&M Vasco da Gama, H&M Forum Coimbra e H&M Norteshopping). Nesta iniciativa, a H&M apela aos clientes que entreguem peças de roupa que já não usam (de qualquer marca) numa destas lojas piloto e em troca, oferecem um voucher de 15% para utilizar numa compra de valor máximo de 30€. Apenas são aceites peças de roupa e existe um limite de entrega de dois sacos por dia. Os sacos não deverão ultrapassar as medidas de 44x44. Esta iniciativa também está a decorrer no showroom da H&M. 

Boa hipótese para te desfazeres do que tens a mais no armário e não usas, algo essencial de que falámos aqui ontem! ;)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...