quinta-feira, 31 de julho de 2014

FEEL | A Beleza está em ti, aqui e agora.

www.pinterest.com/lookaday/quotes/

A Beleza é muito relativa. Mas, definitivamente, não está no que diz a revista, a televisão, a amiga. Não estaria presente se fosses mais alta, mais magra, se tivesses a barriga mais lisa ou tivesses a pele mais clara. A beleza não está no que falta ou nas impossibilidades. A beleza está em ti, aqui e agora. Quando paras de lutar com o teu corpo e te assumes e aceitas tal qual como és. Sê tu própria, com falhas e defeitos à mistura. Não há problema, és bonita assim mesmo. :)



LOOK | Crop crop crop!

www.pinterest.com/lookaday/style/

Num ambiente de trabalho mais informal um crop top assim até que é permitido. Aliás, é assim que devem ser usados os crop tops, vulgo, tops curtos ou cortados. Para ficarem elegantes conjuguem sempre com cinturas altas, tanto em calças, saias ou calções. Nada de umbigos à mostra! ;)

E se ainda não foram de férias, usar um crop top é uma boa forma de apanharem um pré-bronze na barriga à hora de almoço - só têm que encontrar sol e reclinar! ;)



quarta-feira, 30 de julho de 2014

FEEL | Já decidiste ser e parecer saudável?

www.pinterest.com/lookaday/quotes/

A mente é a chave para a perda de peso. Lembram-se? Ser saudável e ter uma aparência saudável tem que partir de uma escolha, de uma decisão. De uma congeminação bem elaborada e decidida. Temos que escolher ser saudáveis. Logo, isso pressupõe que estabeleçamos prioridades e que saibamos dizer não aquilo que não vai ao encontro da nossa decisão e objetivo. Dizer não às bolachas e aos bolos e às batatas fritas. Não porque não se pode, mas sim porque não se quer. Porque se prefere fruta e snacks saudáveis. Dizer não ao sofá. Dizer sim a uma corrida ao ar livre, a brincar com o filho, a dispensar 5 minutos a cuidar da pele e da mente, por consequência de tratarmos bem de nós.

Não há fórmulas mágicas, há apenas escolhas e decisões. Apenas é claramente um eufemismo porque não há nada mais difícil que fazer escolhas - o possível arrependimento futuro pode atormentar-nos por muito tempo, mas só temos que pensar que fazemos sempre as melhores escolhas que podemos no momento. É uma questão de equacionar os nossos valores e decidir o que é realmente importante para nós, agora. Ser saudável é claramente uma prioridade? Então o caminho começa, justamente, de dentro, dessa decisão e arrumação da cabeça nesse sentido. Com o foco do objetivo em mente e passos práticos sustentados é possível alcançar um admirável mundo novo. Só têm que decidir e começar. :)



LOOK | Branco sobre branco

www.pinterest.com/lookaday/style/

Um dia de final de Julho quente pede branco. Fresco, clean, luminoso e puro branco. Total white, um look monocromático em branco, por que não? 

Mas um coordenado em mono-tom não tem que ser simples e aborrecido. Experimentem misturar diferentes texturas, e mesmo sendo todas as peças brancas (ou de outra cor), todo o look ganha uma maior dimensão e mais interesse. 

Renda com acetinado com algodão com pele com pedrarias e com o que quiserem, ganham um look num único tom que vos alonga bastante e dá altura, e ao mesmo tempo cheio de pormenores que vos fará sobressair com certeza! ;)



segunda-feira, 28 de julho de 2014

FEEL | A Felicidade está nas coisas simples!

www.pinterest.com/lookaday/quotes/


LOOK | O que fazer para facilitar o processo de vestir de manhã

www.pinterest.com/lookaday/style/

Finais de Julho e vocês aí desse lado a ressacar de férias, a contar os dias ou então ainda a convalescer dos dias fantásticos que já passarem bem refasteladas a... fazer nenhum. :) Num ou noutro caso, é segunda-feira de trabalho, portanto. Típico dia de neura, com ainda mais dificuldade para vestir - parece que nada é bom o suficiente e a paciência não abunda para meter o motor criativo a trabalhar. É justamente nestes dias que temos que estar no nosso melhor para ajudar a nuvem cinzenta a passar - quando parecemos bem, sentimo-nos melhor. Acho que já é ponto assente, certo?

Por isso, o que é que vos pode facilitar o processo de vestir de manhã? Se gostam de dormir até ao último segundo e a pressa e o sono não ajudam nessa tarefa, o que podem fazer para contornar esse contratempo? Decidir o que vestir do dia anterior? Planear os looks da semana inteira, ao domingo, assim como se planeiam e cozinham os almoços? Tirarem uma tarde para brincarem com o vosso armário, construírem imensos looks de trabalho possíveis e fotografar - na hora de vestir é só consultarem o vosso stylebook pessoal e escolher? O que funciona para vocês? O que é que podem fazer para que se sintam mais satisfeitas com a vossa escolha de look matinal? A resposta não vai surgir por magia, têm que lhe dedicar alguns neurónios, pensar em possíveis soluções e consecutiva ação. ;)

Para não se sentirem tão mal por não estarem numa qualquer praia, um look simples mas super elegante com que se sintam o máximo, dá logo outra animação. Umas calças de perna larga, como na imagem, são muito atuais e favorecem todos os tipos de corpo. Mesmo com uma mera t-shirt, o coordenado ganha logo um toque chique que (quase) supera o vosso melhor biquíni! ;) Força!



domingo, 27 de julho de 2014

O guia realista do Amor e das Relações

instagram.com/anita_lookaday



Praia e um livro são um ótima combinação, por isso, venho sugerir-vos uma boa leitura. No More Silly Love Songs é o título original do livro de Anouchka Grose, uma psicoterapeuta australiana, que viveu em Londres a maior parte da sua vida. É também colaboradora do The Guardian, entre outras publicações.

A tradução portuguesa do título - Sempre Que o Amor Me Quiser - e o design da capa não traduzem de todo o conteúdo do livro. No More Silly Love Songs é um guia realista ao romance. E reforço o foco no realista. As ideias pré-concebidas que todas (principalmente, todas) criámos sobre o amor, seja através de comédias românticas ou das grandes tragédias dos autores clássicos, ou do que quer que seja, são desconstruídas de forma real e até crua. Aqui, a sabedoria de filósofos e poetas, cientistas e psiquiatras é combinada com a análise de romances, música, séries e filmes para nos dar algumas soluções verdadeiras sobre os enigmas do amor.

As relações são sempre complexas, pelo simples facto de que somos humanos e o humano tem uma leve tendência masoquista para complicar. Gerir as nossas relações é um dos principais temas que se trabalha em Coaching. E o relacionamento amoroso é, sem dúvida, dos mais importantes na nossa vida e o que mais nos afecta - pela positiva e pela negativa. Já muito se falou sobre Amor e mais ainda se irá falar, e sou da opinião que o conhecimento nunca é de mais, portanto, tudo o que possamos aprender e pensar para tentar melhor compreender o que nos rodeia e os nossos relacionamentos, é sempre bem-vindo.

O humor também está muito presente neste livro e estejam preparadas para verem as vossas ideias românticas caírem por terra. Ou não. Que nisto do Amor há de tudo menos certezas e fórmulas mágicas. Só têm que perceber o que funciona melhor para vocês. Leiam, que não se vão arrepender! ;)



sexta-feira, 25 de julho de 2014

Ir às compras e a auto-estima

Ir às compras pode ser um pesadelo para muita mulher, mais ainda quando não se sentem confortáveis com o seu corpo. Mas pode bem ser a solução certa para essa relação conturbada - enfrentar o espelho e não fugir dele é uma boa forma de nos treinarmos a conhecer e aceitar o corpo que temos. E quando sabemos qual a nossa silhueta e conhecemos as nossas curvas, com uns quantos truques podemos potenciar os nossos pontos fortes, equilibrar as formas e sentirmo-nos mil vezes melhor na nossa pele. Sim, as roupas têm esse poder. Só temos que lhes dar uma hipótese e conhecer esses quantos truques! ;)

Uma cintura alta e casacos traçados ajudam imenso a disfarçar uma barriguinha; os cintos na cintura chamam a atenção para a nossa zona mais estreita e faz-nos uns bons quilos mais magra. E que tal combinar padrões com padrões para arriscar um pouco mais? Moda não é apenas fútil, deve servir para nos divertirmos ao mesmo tempo que nos sobe uns quantos bons pontos na auto-estima! ;)









segunda-feira, 21 de julho de 2014

Empreendedorismo - vantagens e desvantagens de se ser a própria chefe!

instagram.com/anita_lookaday





Por aqui, a vida anda caótica e atribulada. Uma silly season com muito trabalho - nada contra, não me estou a queixar. A vida de empreendedora ou trabalhadora por conta própria é mesmo assim, as ondas de trabalho não se compadecem com altas temperaturas e as outras ondas, as do mar, que é onde apetece estar, sempre. Mas como diz o grande Tony Carreira, foi a vida que eu escolhi! :)

Quem também sofre é aqui o blog, que anda ao abandono. Mas ele não faleceu, não se preocupem. Está precisamente a ser reanimado. Com um tema que explica esta inconstância de publicações. Sobre esta vida de empreendedora ou de trabalhadora por conta própria, que tem muito que se lhe diga.

São muitos os casos que trabalho, em Coaching, de pessoas que querem mudar de carreira. Basicamente, já não podem com o que fazem, com o chefe, com os colegas, com a vida das 9 das 6. Ao longo dos anos vamos sempre mudando - de facto, é a única constante da vida, a mudança - por isso, é normal que as nossas escolhas profissionais mudem também. É normal, sem stress. Mudar de Vida é sempre bom de se fazer.

Muitas são as pessoas que gostariam de construir o seu projeto e ter a liberdade de fazer o que gostam, como gostam. Daí, motivada por esta cola zero que partilhei com a melhor chefe do mundo, a minha (eheh), venho deixar-vos verdadeiras pérolas de conhecimento fruto da minha experiência! :)


Ora, então, as vantagens de se ser a própria chefe. Para mim são muitas, daí ter escolhido este modo de vida:

  • A Liberdade de horários, movimentos, escolhas, decisões, de tudo! Liberdade é mesmo, para mim, o meu valor fundamental! Não ter hora de entrada, decidir a que horas trabalhar, poder ir à praia durante a semana, por exemplo, e evitar enchentes de fim-de-semana, não receber ordens de chefes chatos (também há chefes fofinhos, eu sei que sim), decidir sem restrições o que fazer, como e com quem, é, sem dúvida, um luxo. E foi para ter este tipo de luxo que trabalhei - dispenso os grandes carros, as roupas caras e as férias na Riviera francesa. Mas não digo que não à última! ;) 
  • Segurança pessoal e financeira. Já vão ver à frente que também é uma desvantagem, mas para mim é mais seguro depender das minhas capacidades e esforço pessoal que ter alguém a pagar-me um ordenado e estar dependente de algo ou alguém que não posso controlar. Yap, i'm a control freak. :)
  • Desenvolvimento pessoal. Sem dúvida de que já desenvolvi imensas capacidades desde que comecei esta aventura. Sair fora da zona de conforto é uma constante e as respostas a ter que dar aos imprevistos deixa-nos perto do estado de super-heróis. Confiram! ;)
  • Realização pessoal. A sensação de se fazer o que se gosta e de que cumprimos a nossa missão, que fazemos aquilo em somos realmente bons, que podemos tocar a vida de outra pessoa e ajudar, não tem mesmo preço. O trabalho é uma das partes mais importantes da vida e estarmos felizes com esta secção, já é meio caminho andado para a felicidade total!
  • Criatividade ao rubro. Ser 'idiota' é condição obrigatória nesta vida do empreendedorismo - inovar, resolver problemas e ter ideias que nascem a partir de qualquer estímulo é o prato do dia.


E as desvantagens de se ser a própria chefe. Sim, nem tudo são rosas. Aliás, o que não falta são espinhos e momentos difíceis e desafios a superar:

  • Insegurança pessoal e financeira. Pois, depender de mim apenas dá-me mais segurança, mas o rendimento não cai certinho todos os meses na conta. A imprevisibilidade e o risco são a única certeza que se tem. Hoje em dia, nos empregos normais também, por isso, é desvantagem geral.
  • Andar ao contrário do mundo. Trabalha-se aos fins-de-semana quando toda a gente está em descanso ou passeio. No meu caso, que sou mais noturna, trabalha-se muitas vezes à noite quando tudo dorme. E quando as pessoas sabem deste estilo de vida, às vezes, olham-nos como se fossemos aliens. Mas a praia durante a semana é muito mais espaçosa e menos barulhenta. E as salas de cinema. E as esplanadas. :)
  • Pouca separação entre vida profissional e vida pessoal. Sair do escritório às 18h e desligar literalmente do trabalho é coisa que não acontece quando somos a nossa própria chefe. Nem estar de papo para o ar durante 15 dias sem pensar em nada numa praia paradisíaca. É inevitável estar sempre ligada, responder a emails a altas horas, ter ideias enquanto se fala com amigos, etc. A linha entre trabalho e vida pessoal é muito ténue mesmo e é mesmo muito fácil as duas áreas misturarem-se.
  • Trabalha-se mais. A tendência para se ser workhaolic é muito forte e a verdade é que, correndo tudo bem felizmente, a probabilidade é haver muito trabalho, longas horas, fins-de-semana, etc, etc.
  • Desorganização pessoal - dificuldades na auto-motivação e liderança. Digo sempre que as maiores e principais dificuldades que podemos ter quando somos as nossas próprias chefes somos nós mesmas. A falta de foco, a dificuldade em tomar decisões, a tendência para a procrastinação, em gerir equipas caso precisemos de as ter, a falta de confiança nas nossas capacidades e ideias, a impaciência por resultados, principalmente no início, são as maiores barreiras ao nosso sucesso como empreendedoras. Mas ter consciência das nossas limitações e maus hábitos já é um bom primeiro passo para conseguirmos melhorar, mudar e ser bem-sucedidas! ;)



Não sei se repararam, mas sou fã de ser a minha própria chefe. :) E vocês? Estão insatisfeitas com a vossa vida profissional? Motivadas pelas vantagens de se ser empreendedora? Sim? Então, força! ;)




segunda-feira, 7 de julho de 2014

Plus size bloggers (aka miúdas normais!)

Para ajudar ao Body Image Movement de que vos falei aqui neste post sobre pararem de lutar com o vosso corpo, há ótimas inspirações que podem seguir e que dão o exemplo.

As figuras públicas de que gostamos, os lookbooks das lojas, os blogs de moda serão boas referências para nos ajudar em termos de estilo, a dar ideias e a estimular a criatividade. A questão é que a maioria dessas referências não traduzem o tipo de corpo das comuns mortais, ou seja, são sempre mulheres muito magrinhas, na generalidade dos casos. E tendo em conta que o tamanho médio das mulheres do mundo se situa no 42, é normal não haver identificação ou a ideia de que aqueles looks não nos ficam bem. Felizmente, a internet é democrática e também há blogs de miúdas normais ou mais cheiinhas, também chamadas de plus size, que não têm medo de mostrar as curvas e usar todo o tipo de peças e ficarem lindas e fantásticas. Como já disse muitas vezes, em consultoria de imagem há certas 'regras' do que fica bem a cada tipo de corpo, mas não são leis rígidas - devemos é sempre usar o que nos faz sentir bem. :)

Se são mulheres com mais curvas e têm os típicos problemas com o corpo e acham que não podem mostrar isto ou aquilo e que de burka é que a coisa lá ia, não deixem de seguir a Girl With Curves ou a Gabifresh para uns bons banhos de realidade de como vestir, sem complexos, o corpo feminino. ;)





















sexta-feira, 4 de julho de 2014

A mudança está na rotina diária!

www.pinterest.com/lookaday/quotes/

Como diz a imagem aqui em cima, o segredo para a mudança bem sucedida está mesmo na rotina diária, nas pequenas mudanças que possamos fazer diariamente. O sucesso não vem por obra e graça do espírito santo nem de uma epifania repentina. Para mudarmos de vida, seja uma mudança de carreira, perda de peso e adoção de um estilo de vida mais saudável, melhorarmos os nossos relacionamentos, gostarmos mais de nós e seja que mudança for, os passos para chegar ao nirvana têm que se graduais. E demora tempo. Lamento, mudanças do género 5 quilos em 3 dias não resultam. Ter pressa e querer tudo e para já é uma utopia. Os novos hábitos, dizem, demoram 21 dias de repetição diária a serem incorporados. É este o método que tento que as minhas clientes de coaching utilizem. Que pensem nas pequenas mudanças de rotina diária que possam fazer em prol dos seus objetivos. E que pensem positivo. O que podem adicionar à sua dieta para se tornarem mais saudáveis? Qual o passo mais pequeno que podem dar já para começarem o seu projeto? Podem registar, todos os dias, os motivos por que são gratos na sua vida? Podem começar com 5 minutos de exercício por dia? Podem acordar meia hora mais cedo e tornar, assim, as manhãs menos caóticas?

Como apoio às mudanças, ajuda estabelecer um compromisso. Torná-lo público, até. Foi o que a Helena, minha cliente, fez com a criação de um blog sobre a sua viagem pelo auto-conhecimento que (talvez) termine com perda de peso. No fundo, não é isso que importa, mas sim a incorporação de novos e melhores hábitos. Estou orgulhosa da Helena e desafio-vos a seguirem a viagem dela, que promete! ;)

E vocês, o que podem mudar já na vossa rotina diária que vos deixe mais perto dos vossos objetivos? Qual a mais pequena mudança que podes fazer já hoje? :)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...