domingo, 24 de agosto de 2014

FEEL | Pause and Reboot!

www.pinterest.com/lookaday/quotes/

Para manter o equilíbrio, há que... parar de vez em quando. :) Recarregar energias para voltar em força.

Até setembro! 



LOOK | Modo super casual de férias: ON!!

www.pinterest.com/lookaday/style/

Último LOOK antes de Setembro. O blog aqui vai uma semana de férias, o resto e a pessoa por detrás, também. :) É possível, no entanto, que continue a haver vida pelo instagram, sigam por lá! ;)

Até já, boas férias ou bom trabalho!



sexta-feira, 22 de agosto de 2014

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

FEEL | Descobre o teu propósito de vida e organiza-te à volta dele!

www.pinterest.com/lookaday/quotes/


LOOK | Shades of grey

www.pinterest.com/lookaday/style/

Eu sou menina para adorar cinzento e ser mesmo dos meus neutros favoritos. É daqueles que liga bem com todas as cores e que dá uma conotação muito elegante a um look. Apostando num tom claro, desaparece todo o ar cinzentão, passe a redundância, que se possa pensar que um look nesta cor possa ter. Assim, em look total a dar toda a continuidade e altura do mundo, ou, lá está, a servir de elo de ligação entre qualquer outra cor ou em mistura com os parceiros neutros, o cinzento é tom para apostar e a ter, sem falta, no armário. É mesmo um dito essencial, não é só porque eu gosto imenso (mas também, pronto!).



quarta-feira, 20 de agosto de 2014

FEEL | Life Manifesto

www.pinterest.com/lookaday/quotes/


LOOK | Inspiração de estilo: a mulher bracarense

instagram.com/anita_lookaday


Estive em Braga neste dois últimos dias e fiquei maravilhada e fã da cidade. Não conhecia e as expetativas foram largamente ultrapassadas. A mistura entre a modernidade e o antigo e histórico é total e basta andar uns metros que se tem a sensação de entrar numa máquina do tempo e recuar alguns séculos. A zona do centro histórico é linda, a calma e o outro ritmo mais pausado que se sente foram, sem dúvida, relaxantes, sem a cidade deixar de ter, no entanto, uma vida e movimento puramente cosmopolitas. Mas com aquela proximidade da aldeia que é tão acolhedora. Vive-se ali com grande qualidade de vida e maravilha das maravilhas - há wifi gratuito por todo o centro de Braga. Simplesmente brutal e super à frente. Acho que me mudo para Braga um dia destes! ;)

E o que me impressionou mais nesta bela cidade nortenha? O estilo das mulheres bracarenses. Braga, como zona com muita cultura têxtil, é um local muito ligado à moda e totalmente na moda. Encontram lá todas as marcas na Avenida da Liberdade (a Bimba y Lola está, inclusivé, com descontos fantásticos que nunca vi cá pelo sul) e ainda lojas com marcas de luxo como a da foto em cima, a Janes. E depois é só ver mulheres impecavelmente vestidas a passar. Super elegantes, com grandes saltos apesar da calçada portuguesa, com toda a atenção nos detalhes, a apostarem em cores, padrões e a arrojarem. Mas, principalmente, a demonstrarem esforço e dedicação a si próprias - mesmo em modo passeio, nota-se que o look não foi descurado. E a confiança é isso mesmo - é pormo-nos sempre em primeiro lugar, cuidarmos de nós, todos os dias, seja em que situação for. A mulher de Braga é, sem dúvida, uma inspiração de estilo a seguirem. Tive pena de não me lembrar de me armar em Sartorialist e tirar fotos aos exemplares de estilo de que vos falei mas entretanto já encontrei a referência ideal - o blog de street style, O Estilista Bracarense. Mesmo a propósito. :) Aqui vêem os exemplos da mulher cuidada e elegante, assim como do homem cheio de estilo - os senhores de Braga também não estão nada mal! ;)


Para verem mais fotos da viagem (wifi gratuito convidou a postar imeeeeeeenso!) é aqui no instagram. E toca a seguirem! ;)




sexta-feira, 15 de agosto de 2014

FEEL | A Felicidade também passa por dar graças pelos problemas que não tens!

www.pinterest.com/lookaday/quotes/


LOOK | Beach waves e açaí!

www.pinterest.com/lookaday/beauty/

Tempo de praia pede cabelo com beach waves. Assim naturais ou com uma ajudinha de uma placa ou enrolador. Para inspiração de penteados e coisas giras que podem fazer com o cabelo, agora no verão e não só, espreitem o meu álbum Beauty no pinterest. ;)

No meu caso, praia pede também açaí. Já provaram? É uma maravilha e expresso todo o meu amor por ele aqui:

"Desde que o conheci, num arranjinho organizado pela maravilhosa Catarina, não mais nos separámos. Qual linda história de amor, daquelas a roçar a obsessão. Minha por ele. E eu sei que é quase recíproco - já aparece em qualquer sítio que eu vá - mas admitamos que nunca acaba bem para o lado dele. É que acaba sempre comido até ao último pedacinho. 

E pronto, descobri a minha nova coisa preferida. Açaí. Diz que é uma baga assim arroxeada, que só é colhida na região Amazónica e que tem imensas propriedades anti-oxidantes. Uma marabilha para a saúdinha, portanto. Pode-se consumir de várias formas, uma delas é assim em taça, versão gelado, com fruta, granola e um ocasional fiozinho de mel. E é só a melhor iguaria à face da terra. Assim gelado é super fresco - uns 2 ou 3 momentos de brain freeze agudos fazem sempre parte do processo - e o açaí tem um sabor doce e meio a terra - como diz uma amiga, sabe a cadernos da escola e não sei explicar bem porquê, mas comprovo, sabe a cadernos da escola. Eu sempre gostei da escola e do cheiro dos cadernos novos, por isso, é coisa que me agrada. A mistura com a fruta e a granola sabe-me a pequeno-almoço de verão e juro que era capaz de comer isto a todas as refeições. Pena é ser tão caro. Uma taça ronda os €6, dependendo se queremos fruta ou não. E penso que já há imensos sítios que têm, pelo menos junto à praia. Em Cascais e na Costa da Caparica é onde me tenho alambazado. Praia sem açaí já não é a mesma coisa."








quinta-feira, 14 de agosto de 2014

FEEL | A importância de ter orgulho em nós

instagram.com/anita_lookaday



Hoje trago-vos mais uma mensagem encapotada de um belo e saudoso auto-bajulamento.

Não sei se já viram aqui em cima a página de Testemunhos, mas lá podem encontrar simpáticas palavras que clientes têm a dizer sobre mim e os serviços LOOK A DAY que fizeram. Executei um belo trabalho de suborno, está visto. E hoje recebi e acrescentei mais um testemunho à página, este na foto aqui em cima, e devo dizer que as lágrimas até me vieram aos olhos. Como podem calcular, a alegria é imensa de ler palavras assim, de ver o nosso trabalho reconhecido e sentir que fazemos a diferença na vida de alguém. Sem dúvida, que assistir ao desenvolvimento emocional e prático de uma pessoa, de semana para semana, é das coisas mais gratificantes que pode haver. Para mim. Portanto, é de ter orgulho. E tenho, imenso.

Mas, normalmente, a sensação de orgulho vem sempre ainda agregada a uma grande dose de embaraço e de desvalorização - não é assim grande coisa nem é assim tão importante. E é geralmente assim que reajo a qualquer elogio de amigos e desconhecidos. Que, felizmente, nem são poucos.

Como em casa de ferreiro, espeto de pau, estou totalmente a contradizer aquilo que ensino no workshop de auto-estima sobre os elogios. Eles devem ser aceites com um simples obrigado, e não com uma justificação como se não fosse merecido. As pessoas que vos elogiam não são malucas, ok? Bom, mais fácil de dizer do que fazer mas desenganem-se que não pratico o que prego - tento com força, pelo menos. Já consigo, pelo menos, identificar que cedo muito ao processo de desvalorização e da justificação dos elogios e às vezes, a meio da conversa, lá consigo parar e dizer, simplesmente, obrigada. E é com a repetição que vou incorporando o hábito e o mecanismo de sentir realmente que mereço os elogios. Que as pessoas não são malucas (eu sei que não são, vocês são todos uns queridos, tá?). Que não é errado sentir orgulho em nós. Senti-lo e expressá-lo.

Devemos gostar de nós, é um dado adquirido, mas para isso, temos que nos dar o devido valor, ver-nos como muitas vezes os outros nos vêem, dizer sem vergonha que somos boas no que fazemos, que fazemos o melhor que sabemos e conseguimos e que, caramba, somos o nosso maior orgulho. :)



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...