terça-feira, 10 de maio de 2016

LOOK IN STYLE | Variar nos looks do dia ou adoptar uma 'farda de estilo' - o que é certo?

pt.pinterest.com

Se tivessem que escolher um look para usar todos os dias da vossa vida, qual seria? Vestir todos os dias a mesma coisa seria um alívio ou o começo para um mini ataque cardíaco de desespero? Porquê tantas perguntas estranhas e filosóficas à volta de roupa? Porque as grandes dúvidas ou insatisfações das minhas clientes de consultoria de imagem, seja na análise de estilo ou quando vou a casa ver o guarda-roupa ou acompanhar às compras são, quase sempre, a sensação de vestirem sempre o mesmo, de até terem bastante roupa mas usarem sempre as mesmas coisas, quererem variar mas ao mesmo tempo acharem que não têm um estilo definido, que têm coisas muito dispersas no armário, que o estilo é pouco homogéneo, etc. Portanto, uma série de contrassensos que só uma cabeça feminina produz com tanta qualidade e mestria.

Estas confusões antagónicas em algumas de nós surgem por várias razões: primeiro, o apelo forte da indústria da moda que nos oferece novidades e uma variedade imensa de peças de roupa e acessórios de várias cores, texturas e brilhos, todas as semanas, porque sabem que qualquer mulher nunca sai verdadeiramente da fase da infância, portanto, tudo o que é colorido, brilhante e interessante ao toque, dá uma alegria imensa e chama imenso a atenção. Segundo, não sabemos bem quem somos nem o que queremos. O que também é perfeitamente normal, saber o que queremos é um trabalho de descoberta, ao longo da vida. 

Por isso, tento sempre perceber, com as minhas clientes, se a necessidade de variar vem mesmo da vontade da pessoa de arriscar mais e querer usar peças diferentes e que tenham mais que ver consigo ou se é uma necessidade induzida pelo pensamento de que talvez devesse usar outras coisas, porque toda a gente o faz e de certeza que deve haver alguma coisa de errado comigo se uso sempre a mesma roupa. Primeiro, como em tudo na vida, não há certos e errados, nem no guarda-roupa. Não há problema nenhum em ter um closet bem recheado e variar imenso os looks, assim como não é nenhum crime usar sempre a mesma coisa (desde que a roupa seja lavadinha, vá). A resposta para o que é certo para vocês está no vosso estilo de vida, gostos, personalidade, etc.

pt.pinterest.com

Se têm um enorme closet, com imensa roupa e o vosso maior prazer é mesmo escolher looks, vestir e despir, experimentar coisas e viver papéis diferentes todos os dias, arrumar a roupa, cuidar dela, então, um enorme closet é perfeito para vocês. Mas se têm um armário lotado só que a paciência é nula para escolher com calma o look do dia de manhã, nem têm jeito nenhum, odeiam ocupar tempo e a cabeça com essas coisas, quanto mais arrumar gavetas, e acabam por usar sempre o mesmo porque gostam tanto das vossas poucas peças preferidas que até as vão buscar ao cesto de passar a roupa para usar de novo, então, um mega closet e comprar sempre mais e mais não me parece que seja o mais indicado para vocês.

Não há problema nenhum em ter um estilo mais definido e adoptarem um género de 'farda de estilo' diária com a qual se sentem às mil maravilhas. Como podem ver aqui, há casos de pessoas bem inteligentes e de sucesso, como Mark Zuckerberg ou Steve Jobs, que escolheram conscientemente simplificar os seus armários para libertarem a sua mente de decisões que eles consideram de pouca importância e assim ter espaço e tempo para melhores tomadas de decisões nas questões que realmente lhes importam. Eu própria que, sim, também sou de uma inteligência e sucesso extremos, tenho o meu charriot capsule wardrobe e, basicamente, os meus looks do dia resumem-se a vestidos. Atualmente, já dei uma voltinha pelo que não usava e pus de lado - sobraram essencialmente vestidos, a minha farda diária preferida. E ainda ninguém me levou presa por usar sempre o mesmo tipo de roupa, nem acho que ninguém foi fiscalizar o armário cheio de t-shirts cinzentas do senhor Zuckerberg. Não é uma escolha nem um conceito para toda a gente - lá está, quem adora roupa e variar no seu estilo, deve achar que somos malucos e acham muito bem porque não tem que ver consigo -  mas quem prefere simplificar o dia-a-dia, a noção de que não há problema nenhum em usar sempre as mesmas coisas e ter um armário cápsula bem comedido pode ser um alívio e uma mudança bem positiva na sua vida. Em vez da preocupação acerca do que vestir, definir um tipo de look ou looks básicos diários mas com que nos sentimos mesmo bem pode evitar grandes dores de cabeça.

Pode ser um bom projeto e exercício refinarem o vosso estilo e armário e construírem a vossa farda, um pouco como personagens de desenhos animados ou aquelas personalidades públicas cujo estilo é icónico, intemporal e, no geral, sempre igual (estou a lembrar-me da Anna Wintor, Jennifer Aniston...). Ou então, justamente ao contrário, explorarem novas peças, novos formatos, novas cores, novas texturas e testar diferentes looks, todos os dias. Não há mesmo regras e restrições, só interessa mesmo o que funciona para vocês e, para chegarem às vossas respostas, só é necessário alguma reflexão e muita experimentação! ;)






Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...